Lavanda

O espetáculo apresenta quatro personagens femininas que têm seus estados emocionais associados à poética da água. O projeto de pesquisa resultou neste espetáculo contemplado pelo esdital de apoio à Pesquisa Coreográfica da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo-Pac.

Ao entrarem em contato com a água, as personagens passam por transformações. "Feminino e água são sinônimos. As diferentes figuras da água (mar, lágrimas, leite, salivas, etc) representam os diversos estados da alma feminina. Por isso, a água é o fio condutor de todo o espetáculo e também o elo de ligação entre as personagens" conta Lu Brites.